Início DESTAQUE Exposição de fotografias – “De patas dadas com a sustentabilidade”

Exposição de fotografias – “De patas dadas com a sustentabilidade”

1798
Campanha “De patas dadas com a sustentabilidade"

Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra (SMAS de Sintra) vão inaugurar esta terça-feira, 9 de abril, pelas 15h00, no futuro Museu da Água e Resíduos, a exposição de fotografia “De Patas Dadas com a Sustentabilidade”, enquadrada na campanha solidária desenvolvida pelo Município de Sintra que alia os princípios da sustentabilidade às preocupações em torno do bem-estar animal.

A exposição apresenta o resultado da sensibilidade do olhar e da objetiva dos alunos do curso profissional de fotografia da Escola Profissional de Recuperação do Património de Sintra (EPRP), que tiveram a oportunidade de realizar sessões fotográficas com os animais e os seus cuidadores do Sítio dos Animais de Sintra (Centro Oficial de Recolha de Animais do Município).

A exposição vai apresentar 36 das 54 fotografias que se apresentaram a concurso, que contou com a participação de 18 alunos da EPRP, que procuraram captar a essência da harmonia entre seres humanos, animais e meio ambiente e inspirar um mundo mais solidário, consciente e ambientalmente equilibrado.

Por ocasião da inauguração da exposição de fotografia, terá lugar ainda uma mostra de artigos produzidos com têxteis pós-consumo reciclados, nomeadamente as camas oferecidas no âmbito da campanha solidária a quem adota animais, uma feira de trocas de peças de vestuário e exposição de brinquedos/ produtos para animais produzidos através da reutilização de resíduos.

Num mundo onde a harmonia entre seres humanos e natureza é cada vez mais um imperativo, a campanha solidária “De Patas Dadas com a Sustentabilidade” foi concebida com o objetivo de inspirar ações concretas que conduzam a um futuro mais solidário e sustentável.

A decorrer deste outubro de 2023, esta iniciativa concilia os princípios da sustentabilidade e circularidade com uma causa solidária, fomentando, por um lado, a reutilização de têxteis e/ou a sua valorização para produção de novas fibras e, por outro, a adoção e o bem-estar animal.

Campanha de sensibilização

Através de uma abordagem emocional, a campanha procurou sensibilizar os munícipes para a importância de adotar comportamentos mais conscientes e solidários, com a valorização e reutilização de têxteis a traduzir-se na produção de camas, aconchegantes e confortáveis, para presentear quem adote um amigo de quatro patas do Sítio dos Animais.

Por esta via, pretendeu-se, também, aumentar o número de adoções, no sentido de incrementar a quantidade de animais que encontram lares felizes e permanentes.

Esta campanha solidária enquadra-se no âmbito do Projeto de Valorização e Reciclagem de Têxteis, que resulta de uma parceria entre o Município de Sintra (CMS/SMAS de Sintra) e a To Be Green (Universidade do Minho) e se encontra, atualmente, em fase de expansão a todo o concelho de Sintra, após a realização de projeto-piloto na União das Freguesias de Agualva e Mira Sintra, Freguesias de Algueirão-Mem Martins e Rio de Mouro e União das Freguesias de Sintra.

Gestão e Recolha Seletiva de Têxteis

Assumindo-se como instrumento indispensável no sentido da definição da Estratégia Municipal de Intervenção na Gestão e Recolha Seletiva de Têxteis, a operacionalizar a partir do início de 2025, o Projeto de Valorização e Reciclagem de Têxteis (que, numa fase inicial, contemplava também a reciclagem de máscaras cirúrgicas e sociais), vai ser alargado a mais 11 estabelecimentos de ensino, envolvendo mais dez mil estudantes, nas restante sete freguesias ou uniões de freguesia (Queluz/Belas, Massamá/Monte Abraão, Cacém/São Marcos, Almargem do Bispo/Pero Pinheiro/Montelavar, São João das Lampas/Terrugem, Casal de Cambra e Colares).

No âmbito deste projeto, os munícipes que pretendam descartar peças de vestuário (danificadas ou em bom estado de reutilização) podem fazê-lo em contentorização especifica instalada em todas as áreas de atendimento da CMS, dos SMAS de Sintra e das juntas de freguesia, em escolas de 2.º e 3.º ciclo e secundárias e em algumas IPSS.

Os munícipes que entreguem vestuário em bom estado e tenham interesse em integrar a rede de partilha, devem efetuar o seu registo na “loja online” (App To Be Green), depositando as suas peças de vestuário devidamente identificadas com os dados de registo na App (nome e e-mail).

Caso não se pretenda integrar esta rede de partilha, as peças de vestuário, após validação do seu estado, serão disponibilizadas ao Banco de Recursos da CMS ou a uma dessas IPSS. As peças de roupa que apresentem danos, serão encaminhadas para reciclagem e transformadas em novas fibras têxteis.

Mais informações em https://www.smas-sintra.pt/de-patas-dadas-com-a-sustentabilidade/

Localização do futuro Museu da Água e Resíduos
Rua Carlos de Oliveira Carvalho, n.º 19
Ribeira de Sintra

Artigo anteriorDois agentes da PSP agredidos em Mira Sintra
Próximo artigoNoites de Orfeu celebram estações do ano com três concertos gratuitos