Início COMÉRCIO LOCAL IKEA e Opus Diversidades juntos para dar abrigo ao orgulho

IKEA e Opus Diversidades juntos para dar abrigo ao orgulho

94

No âmbito do Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia, assinalado a 17 de maio, a IKEA lança a campanha “Dar abrigo ao orgulho”, que pretende dar esperança à comunidade LGBT+ em situação de sem-abrigo.

Ao visitar uma das cinco lojas IKEA entre os dias 17 e 19 de maio, os clientes poderão escrever mensagens de apoio, que serão, posteriormente, reproduzidas em mantas IKEA, e doadas a centros de abrigo.

A edição do 10.º aniversário do estudo “A Vida em Casa” da IKEA, divulgada recentemente, mostra que para mais de metade dos portugueses (59%) a casa é o lugar preferido para estar e para 32% das pessoas a casa ideal é o espaço onde podem ser elas próprias. No entanto, para muitas pessoas a rua continua a ser a casa possível.

Durante o mês de junho, no âmbito da celebração do PRIDE, a IKEA e a Opus Diversidades vão desenvolver um workshop especializado para instituições que trabalham com pessoas em situação de sem-abrigo, nomeadamente o Centro de Apoio ao Sem-Abrigo (CASA), onde serão dadas a conhecer ferramentas para acolher a população LGBT+ dentro desta comunidade.

“A maioria das instituições, que trabalha com pessoas em situação de sem-abrigo, não tem conhecimento ou formação sobre como abordar ou trabalhar com membros da comunidade LGBT+”, refere Hélder Bértolo, presidente da Opus Diversidades, explica a importância da iniciativa, acrescentando que “estudos recentes estimam que entre 20% a 40% da comunidade de pessoas em situação de sem-abrigo pertence à comunidade LGBT+, embora representem apenas 5 a 10% da população em geral, e este dado deve alarmar-nos a todos”.

Poe seu turno, “na IKEA, pretendemos ser um aliado neste caminho pela defesa dos direitos da comunidade LGBT+. Sabemos que muitas pessoas são excluídas e marginalizadas ao assumir a sua orientação sexual ou identidade de género – mesmo nas suas próprias casas. E porque acreditamos que todos temos direito a uma casa, onde podemos ser nós próprios, um espaço de aceitação e amor, ficamos especialmente preocupados com o crescente número de pessoas em situação de sem-abrigo, nomeadamente da comunidade LGBT+, afirma Cláudia Domingues, diretora de comunicação da IKEA Portugal, garantindo que “vamos, por isso, continuar a ser uma voz ativa e contribuir para a inclusão de todos os que sofrem de discriminação no seu dia a dia, apoiando também as fantásticas equipas que estão diariamente no terreno, a cuidar de quem não tem casa.”

Como parte deste movimento, como tem sido hábito em anos anteriores, todas as lojas IKEA em Portugal hasteiam a “Bandeira do Progresso”, símbolo do movimento social pela inclusão e direitos LGBT+, durante o fim de semana de 17, 18 e 19 de maio.

Artigo anteriorDia e noite internacional dos Museus em Sintra com com atividades gratuitas
Próximo artigoSMAS de Sintra apoiam corrida de veículos movidos a energia solar