Quadros do Hospital Doutor Fernando Fonseca visitaram, esta sexta-feira, pela primeira vez, as novas instalações do novo Hospital de Sintra

Quadros do Hospital Doutor Fernando Fonseca visitaram, esta sexta-feira, pela primeira vez, as novas instalações do novo Hospital de Sintra, unidade que vai ser integrada na ULS Amadora/Sintra e que deverá começar a funcionar na primeira semana de outubro.

O futuro Hospital de Sintra, que a Câmara Municipal de Sintra irá entregar a chaves ao Ministério da Saúde, no próximo dia 29 de junho, Dia do Município, “integra o perímetro assistencial dos cuidados hospitalares da Unidade Local de Saúde de Amadora/Sintra visando, em articulação com o Hospital Fernando Fonseca, a prestação de cuidados de saúde de ambulatório programado de alta resolução, assente no conceito de `clínica de um dia´”, explicou hoje a administração do Hospital Fernando da Fonseca, no decorrer de uma visita de trabalho, que contou com a presença do vereador da Câmara de Sintra, Eduardo Quinta Nova.

A Unidade Local de Saúde de Amadora/Sintra (ULS Amadora/Sintra) vem agregar numa única entidade o Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (HFF), o novo Hospital de Proximidade de Sintra e os Centros de Saúde de Amadora e Sintra.

Recorde-se, “o município de Sintra vai entregar as chaves ao Ministério da Saúde, no dia 29 de junho”, anunciou o autarca, em reunião de Câmara, esta terça-feira, Basílio Horta. “O Hospital está feito e será entregue ao Serviço Nacional de Saúde”, adiantou o presidente da Câmara de Sintra, considerando que a conclusão do edifício, “é um momento importante” para o município e que esta “é uma obra de todos e que serve o concelho”, e que implicou um “investimento dos contribuintes de cerca de 60 milhões de euros”, dos quais cerca de 50 milhões já pagos.

“O município de Sintra vai entregar as chaves do novo Hospital de Sintra ao Ministério da Saúde, no dia 29 de junho”, anunciou Basílio Horta

“O Hospital começará a funcionar na primeira semana de outubro, com o serviço de urgências, consultas e dois blocos operatórios”, referiu o autarca, esclarecendo que o seu funcionamento, numa primeira fase, será assegurado pelos quadros do Hospital Fernando da Fonseca, que esta manhã visitaram o equipamento hospital, sediado na Cavaleira, freguesia de Algueirão Mem Martins.

A nova unidade hospital tem 70 camas para internamento hospitalar, número que poderá ser alargado até às 140, para dar resposta a novas consultas de especialidade.

O conjunto de valências do novo equipamento de saúde, deverá contar, de acordo com a última informação, com o serviço de urgência básica, consultas externas, cirurgia ambulatória, unidade de saúde mental, meios complementares de diagnóstico e terapêutica, medicina física de reabilitação, unidade de cuidados continuados e farmácia.

Artigo anteriorMarisa Liz e Orquestras Escolares de Sintra juntos para celebrar Dia do Município
Próximo artigoPortugal venceu a Turquia e está nos ‘oitavos’ de final no Euro2024