Início FREGUESIAS Colares Mexilhão domina Festival na Praia das Maçãs

Mexilhão domina Festival na Praia das Maçãs

Duas toneladas de marisco nos dias 29 e 30 de março

4772
Festival do Mexilhão, na Praia das Maçãs | Foto: Vitalino Cara d'Anjo

A Praia das Maçãs, recebe esta sexta-feira e sábado, dias 29 e 30 de março, mais uma edição do Festival do Mexilhão, que terá lugar no recinto de jogos do Clube Recreativo da Praia das Maçãs, onde será montada uma tenda gigante para albergar os visitantes.

É neste local que serão confecionadas e degustadas as iguarias ligadas ao mar, onde o mexilhão é o rei da ementa, entre as 13h00 e as 24h00,nos dois dias do evento. Há um programa de animação musical a decorrer, uma zona de artesanato e uma outra área infantil, para delícia dos mais pequenos. Na Sexta-Feira Santa, conte ainda com um espetáculo de sevilhanas.

Com entrada gratuita, o evento tem como propósito “dinamizar a economia e o turismo local, com a finalidade de atrair visitantes”, disse ao Correio de Sintra, Pedro Filipe, presidente da Junta de Freguesia, que estima que este ano serão sejam confecionadas “cerca de duas toneladas de mexilhão”, iguaria que faz parte da “herança cultural da freguesia” e da região.

A iniciativa corresponde a uma tradição antiga, associada à crença cristã, que recomenda não comer carne na Sexta-Feira Santa (29 de março), dia em que as praias do concelho de Sintra serão “invadidas” por amigos e familiares, que munidos de baldes e sacos de plástico, procuram as rochas para apanhar mexilhão, para consumo próprio.

”Uma tradição que vem de longe e que se mantém até ao nossos dias”, refere Pedro Filipe, destacando a “azáfama, saudável e descontraída” dos Colarenses e não só, na apanha do mexilhão, sobretudo durante a manhã de Sexta-Feira Santa.

Depois de bem lavados e raspados os mexilhões vão ao lume numa caçarola com o azeite, cebola picada e pimentos cortados em finas tiras. Antes de serem servidos à mesa, não esquecer os coentros. É assim que este bivalve é servido no Festival do Mexilhão, acompanhado, de preferência com vinho branco de Colares (Chão D’Areia). Fica a sugestão, para um dia bem passado, que se repete no dia seguinte.

A iniciativa é uma aposta da Junta de Freguesia de Colares e do Clube Recreativo da Praia das Maçãs, e conta com o apoio da Câmara Municipal de Sintra, dos SMAS de Sintra e do comércio local.

Fotografia: DR Vitalino Cara d´Anjo

Artigo anteriorCandidaturas para cursos de música no Conservatório de Sintra
Próximo artigoRubén Teixeira apurado para o Campeonato Nacional de Kempo