Início Sintra AMBIENTE SMAS de Sintra assinalam Dia Mundial da Educação Ambiental (26 de janeiro)

SMAS de Sintra assinalam Dia Mundial da Educação Ambiental (26 de janeiro)

1417

Mais de 700 crianças participaram em atividades no corrente mês

No Dia Mundial da Educação Ambiental (26 de janeiro), os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra (SMAS de Sintra) reafirmam o seu compromisso de continuar a desenvolver ações nesta área sensível da política ambiental do município de Sintra, enquanto corresponsáveis pela Estratégia Municipal de Educação e Sensibilização Ambiental. Assente em cinco eixos temáticos (Economia Circular, Ciclo Urbano da Água, Ciclo Urbano dos Resíduos, Energia Renovável, Proteção Animal, Natureza, Mar e Serra), esta estratégia tem por objetivo a proteção dos recursos ambientais e humanos, visando contribuir para uma mudança de comportamentos, sensibilizar e consciencializar a comunidade em geral, em particular as gerações mais novas, para as questões ambientais e de valorização do território.

No âmbito das suas atribuições, abastecimento de água, saneamento e recolha de resíduos, os SMAS de Sintra disponibilizam à comunidade educativa, assim como a instituições de cariz social, diversas atividades de educação e sensibilização ambiental. No primeiro mês de 2024, mais de 700 crianças, de escolas do 1.º Ciclo e Jardins de Infância, participaram em ações ligadas à Economia Circular, com particular enfoque na reutilização de resíduos urbanos.

Em destaque, ao longo deste mês, estiveram também atividades que sensibilizam para a necessidade de preservação de um recurso cada vez mais escasso: a água. A EB n.º 2 de Mira Sintra recebe esta sexta-feira, no dia em que assinala a educação ambiental à escala planetária, a atividade “Cristalina”, em que os mais pequenos são sensibilizados para esta temática. A atividade envolveu, ao longo de dois dias (23 e 26), uma centena e meia de crianças. Nesta escola, para o mesmo universo de alunos, o ano começou com a realização de sessões do Playnetário, que consiste em cinema imersivo, com a exibição de filmes “O Super Salvador” e “Água, o Recurso mais Valioso”.

Além da realização de ações da “Cristalina” em escolas de Aruil e Lameiras, os SMAS de Sintra dinamizaram ainda a atividade “Tornar a Economia Circular” no Jardim de Infância de Montelavar e na EB1/JI do Casal da Barota (Freguesia de Belas), para cerca de 120 crianças, que foram sensibilizadas para a reutilização de resíduos para a produção de novos materiais, nomeadamente de carácter lúdico (como o tradicional ‘Jogo do Galo’), como meio de preservação do ambiente.

A EB 1 do Casal do Cotão, na União das Freguesias de Cacém e São Marcos, foi palco da atividade “Dr.ª Coruja vai à escola”, que mobilizou 220 participantes. Através da demonstração do voo de aves de rapina, uma diurna e outra noturna, os petizes tiveram oportunidade de estabelecer contacto direto com alguns exemplares, enquanto eram explicadas as principais características destes animais, numa atividade que procurou sensibilizar para a sua importância no equilíbrio do ecossistema e para o risco de extinção de algumas espécies devido à ameaça do homem.

Para o mês de fevereiro, os SMAS de Sintra já têm agendadas diversas atividades, também para cerca de 700 crianças, que variam entre as ações “Aprender a Separar” e “Separar é Divertido”, mas que arranca com as sempre cativantes pinturas faciais relativas às questões ambientais, em que a palhaça “Patanisca” sensibiliza para as questões da preservação do Planeta.

Para além das atividades de educação e sensibilização ambiental a dinamizar nos estabelecimentos de ensino, que podem ser consultadas em https://www.smas-sintra.pt/sensibilizacao-ambiental/, os SMAS de Sintra vão reforçar, ainda este ano, o seu protagonismo neste domínio, com a inauguração do Museu da Água e Resíduos,  no polo museológico atualmente denominado de Espaço SMAS da Ribeira de Sintra. Um novo equipamento que, certamente, contribuirá para a mudança de comportamentos de várias gerações em prol de um melhor Ambiente.

Artigo anteriorSMAS de Sintra apoiam mais uma edição da Corrida Fim da Europa (28 de janeiro)
Próximo artigoNova visita guiada revela bastidores do Palácio Nacional de Sintra