Para os mais novos, verão é sinónimo de férias escolares e de ter todo o tempo do mundo para brincar, que é a melhor forma de aprender. Nos monumentos de Sintra, há muitas maneiras divertidas de descobrir a História e de, simultaneamente, dar asas à imaginação e à aventura. O Palácio Nacional de Sintra guarda memórias de outros tempos que se revelam em visitas encenadas, o Palácio Nacional da Pena tem um mistério para desvendar e o Castelo dos Mouros está à espera dos pequenos conquistadores; experiências inesquecíveis de partilha e de aprendizagem em família.   

A primeira proposta é para os que sonham com viagens no tempo. Na falta da tão ansiada máquina que permita aceder a outras épocas, uma visita encenada afigura-se como uma alternativa possível. No Palácio de Sintra com a Rainha leva os participantes até à segunda metade do século XIX e inícios do século XX, na companhia da rainha D. Maria Pia de Saboia, última monarca a habitar o Paço Real antes da Implantação da República. Entre histórias, lendas e mistérios, a Rainha mostra o “seu” Palácio, dando a conhecer a História de Portugal e de Sintra no tempo em que viveu. A próximas edições desta visita serão nos sábados de 13, 20 e 27 de julho e 10, 17, 24 e 31 de agosto.

Nos píncaros da Serra de Sintra, o Palácio Nacional da Pena esconde segredos bem guardados que desafiam os mais curiosos. “Uma Aventura no Palácio da Pena” é um programa feito a pensar a neles e nas famílias que querem ter o privilégio de percorrer o Palácio fora do horário de normal de abertura ao público, com maior tranquilidade. Partindo da obra homónima de Ana Maria Magalhães e de Isabel Alçada, mas sem requerer a sua leitura prévia, a atividade convida os participantes a seguirem os passos das gémeas, do Pedro, do João e do Chico, para desvendar um dos mistérios que o livro não resolve. Para lá chegarem, há tarefas a executar, mas contam com a ajuda de alguns excertos da obra, que os conduzirá de pista em pista. A próximas edições serão nos dias 14 e 21 de julho e 11 e 25 de agosto.

Mistérios e lendas também não faltam no Castelo dos Mouros, por onde foram passando muitos povos ao longo dos séculos. Saber quem foram, como ali viveram e que vestígios nos deixaram são conhecimentos essenciais a quem quiser alcançar o estatuto de guardião do Castelo, objetivo final da visita-jogo À Conquista do Castelo. Para viver esta aventura, que permite conhecer mais de mil anos de história, é preciso formar equipas, procurar pistas e resolver charadas. No final, o conhecimento adquirido será testado e quem souber mais conquistará a cobiçada chave do Castelo. A próxima sessão será a 28 de julho.

Ao longo dos últimos anos, a Parques de Sintra tem investido na qualidade da experiência de visita e na oferta de uma programação diversificada, promovendo numerosas iniciativas dedicadas à música, ao cinema, ao teatro e à arte equestre, com múltiplas propostas que tiram partido da memória histórica dos monumentos e dos ambientes diferentes que o património natural proporciona no decorrer das estações, convidando à sua fruição ao longo de todo o ano. Pretende-se que quem visita o património sob gestão da empresa encontre sempre novos motivos de interesse, ou seja, espaços vivos, em permanente atualização e reinvenção, onde existe sempre algo novo para fazer e para conhecer. Um património de todos, para todos.

Informação completa sobre a programação e aquisição de bilhetes no site da Parques de Sintra: https://www.parquesdesintra.pt/pt/programacao/

Artigo anteriorArtur Pizarro encerra “Ciclo de Piano” com ritmos da latinidade
Próximo artigoULS Amadora Sintra Perto de Si- Cirurgia plástica e reconstrutiva